“Lábios-espelhos”

É hoje, a partir das 18h30, que a poeta Marize Castro lança na Livraria Siciliano do Midway  “Lábios-espelhos”, seu novo livro de poemas.

********

No livro você cita Zila Mamede e Hilda (Hilst). São suas referências?

Sim, digo que me exilo em Zila e que sou feita da mesma seiva, da mesma pele de Hilda. É a mais pura verdade. Não escrevo como Zila, mas orienta-me o rigor da sua linguagem. O mesmo ocorre com Hilda. Minha poesia não parece em nada com a de Hilda, mas buscamos a mesma coisa: a libertação interior que somente a poesia é capaz de oferecer.

Da entrevista de Marize Castro à Tribuna do Norte.

aqui

Go to TOP