Prêmio Nacional de Literatura

Prêmio nacional de literatura dará até R$ 20 mil a vencedores

Já saiu o edital do Prêmio Nacional de Literatura, promovido pela Companhia Editora de Pernambuco. De 4 de dezembro de 2020 a 15 de janeiro de 2021 estarão abertas as inscrições para o 6º Prêmio Cepe Nacional de Literatura, e para o 3º Prêmio Cepe Nacional de Literatura Infantil e Infantojuvenil.

Para participar os concorrentes devem ser brasileiros natos, residentes no Brasil ou no exterior, bem como brasileiros naturalizados residentes no país, independente de sexo, etnia, idade, formação cultural, religiosa ou política, desde que atendam às normas do edital, que podem ser acessadas AQUI.

Inscrições

As inscrições serão realizadas exclusivamente por meio digital através do endereço www.cepe.com.br/premio-cepe. O 6º Prêmio Cepe Nacional de Literatura contemplará as categorias Poesia, Conto e Romance com R$ 20 mil para os vencedores de cada uma.

Já o 3º Prêmio Cepe Nacional de Literatura Infantil e Infantojuvenil agracia o vencedor de cada categoria com R$ 10 mil. O resultado será divulgado até 15 de junho de 2021.

Obras publicadas

Os vencedores terão suas obras publicadas e divulgadas pela editora pernambucana, possibilitando atingir mais leitores e alavancar a carreira de escritor, conquistando inclusive outros prêmios literários.

Caso do romance Outro Lugar, do paulista Luís Sérgio Krausz, que além de premiado pela Cepe na edição de 2017 recebeu também o Prêmio Machado de Assis e o Prêmio da Biblioteca Nacional. Já o infantojuvenil A coisa brutamontes, de Renata Penzani, também vencedor da edição 2017, foi indicado ao Jabuti 2019.

Entre os nomes pernambucanos, destaque para o escritor de Vitória de Santo Antão, Walther Moreira Santos, premiado pela Cepe em 2016 pelo título de poesia Arquiteturas de vento frio. Antes, porém, já trazia no currículo outros prêmios, como o da Casa de Cultura Mário Quintana, Itaú Cultural, Fundação Cultural da Bahia, entre outros.

Cada prêmio terá sua comissão julgadora, formada por profissionais da área de literatura, como escritores, poetas, professores e pesquisadores. Critérios como originalidade, qualidade técnica, valorização da cultura brasileira, domínio da linguagem e estímulo à leitura serão levados em conta.

Protagonismo feminino

Ano passado o prêmio recebeu 1.524 inscrições. Entre os escritores vencedores da edição 2019, o protagonismo feminino foi destaque.

Na categoria Romance ganhou Vanessa Molnar Maluf (SP), com a obra A importância dos telhados. Já o título de Poesia contemplado foi As cartas de Maria, de Zulmira Alves Correia (BA), única nordestina da lista. O prêmio infantil ficou com Viviane Ferreira Santiago, pelo título A Biblioteca de Bia; e o juvenil foi para a obra de Contos com GIGANTES, de Carolina Becker Koppe (SC).

O único homem da lista de ganhadores foi Emir Rossoni, vencedor na categoria Contos (RS) com o título Erros,errantes e afins. Os livros de conto, poesia e romance serão lançados em dezembro deste ano. Já os infantis ficarão para 2021.


Foto: depositphotos

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × dois =

ao topo