2º EELP confirmado em Natal

Por Sérgio Vilar
NO DIÁRIO DO TEMPO

Tive acesso agora há pouco a uma correspondência enviada pelo secretário geral da União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA), responsável pela parceria com a prefeitura de Natal na promoção do Encontro de Escritores de Língua Portuguesa (EELP).

A carta confirma a “decisão” de organizar o 2º EELP, no período de 23 a 25 de novembro. Mais uma vez voltado ao público universitário. Os temas três temas também foram definidos: Literatura de Viagens; O Estado e a Evolução da Língua Portuguesa; e Poesia Escrita Para a Música. Os escritores convidados receberão R$ 500, claro, com despesas de hospedagem com alimentação e translado pagos pela prefeitura. A secretária Rosy de Sousa foi nomeada a coordenadora do evento. E de cá reforço o que já disse: as discussões travadas no primeiro Encontro foram de altíssimo nível. O evento foi organizado, salvo o trâmite de inscrição. E o setor de literatura carece de qualquer atenção há anos. Embora um “evento” sazonal, acredito no proveito de iniciativas como essas.

Comentários

Há 11 comentários para esta postagem
  1. Sérgio Vilar 9 de setembro de 2011 11:38

    Concordo – e penso ser indiscutível – com a gestão desastrada. Mas discordo da opinião de que a prefeitura deva parar tudo para evitar mais problema. Esse evento estabelece um intercâmbio interessante com a comunidade de língua portuguesa. Salvo engano é três vezes mais barato do que um ENE e tem o seu público univeristário (eu sempre prefiro encontros do tipo voltado às crianças e adolescentes – acho mais proveitoso). Agora, eu trocaria o evento pela volta dos prêmios literários, pela revista literária, pela publicação de livros, por políticas de incentivo à leitura nas escolas. Mas sabemos bem que nada disso será feito em troca. Se deixa de promover o EELP e não se faz mais nada. Então, que venha o evento, as discussões, os poetas e literatos. Se eles não vierem, virão os reis diante do trono.

  2. Daniel Menezes 9 de setembro de 2011 2:02

    Os dois primeiros comentários já disseram tudo, rs.

  3. Sergio Vilar 8 de setembro de 2011 19:31

    Aos irônicos comentadores, adianto que, de antemão, rejeito qualquer convite para este EELP. Agora, eu assisti todos os dias do último evento. E repito: foram discussões de altíssimo nível. Altíssimo! E nem falo das palestras de Agualusa, João Ubaldo ou Ondjaki, todas excelentes. Mas a do professor Carlos Reis e tantas outras figuras menos pops, mas de conhecimentos relevantes. Tácito pode dar a opinião dele. Ou quem mais esteve presente. Não posso é criticar sem ter assistido, ou pior, antecipadamente, apenas em razão de uma administração desastrosa. E a Rosi de Sousa organizou, junto com a Funcarte, o último São João. Até onde sei, foi bem organizado. O atraso nos cachês foge a sua competência. Mas a quem prefere Arnaldo Antunes balançando a perninha no ENE, tudo bem. Passar bem pra vocês, hein.

    • Tácito Costa 9 de setembro de 2011 11:08

      Sérgio, devido aos horários não participei do EELP como gostaria. Na mesa em que participei o debate foi muito rico. Lembro que, fora alguns reparos pontuais, o evento teve boa aceitação. A questão é que qualquer coisa que essa administração se proponha a fazer já nasce cercada de descrédito. Algo perfeitamente natural diante do desastre anunciado que tem sido a gestão borboletícia. Penso que seria até melhor a prefeita não fazer mais nada, porque tudo acaba em calote ou ações do Ministério Público.

  4. Juliano Guimarães 8 de setembro de 2011 18:01

    Quem foi que organizou – sem ISBN – os Anais do Primeiro Encontro de Escritores? Quem?

  5. Carla Maria Seabra 8 de setembro de 2011 17:01

    Rosy de Sousa é da família Sousa!

  6. Aldo Lopes de Araújo 8 de setembro de 2011 16:46

    É Rosy de Souza a coordenadora do Encontro? Putz, meu caro Alex, é demais. É demais. Imperdível. Bati o pé, esperneei e disse a mim diante do espelho: não vou, não vou. Mas ao saber que era Rosy quem estava a frente do negócio, decidi aceitar o convite e vou torcer, aplaudir Micarla em o seu discurso de abertura. É cultura d+ pro meu bi(saco).

  7. Eliane Dantas 8 de setembro de 2011 12:28

    Quem é Rosy de Sousa para coordenar um encontro de escritores? E o ingênuo jornalista ainda diz que acredita “no proveito de iniciativas como essas”! É ingenuidade ou oportunismo?

  8. João da Mata 8 de setembro de 2011 11:35

    Lex, gostei de reve-lo, forte e com a cabeça tinindo .
    Produzindo teses e fazendo loas ao sebovermelho.
    Só voce teve o privilégio de conhecer e escrever sobre a biblioteca de Pium
    Ja que a biblioteca de Caicó é prerrogativa do Moa. Falar nisso, faz tempo que não o vejo no Zé!
    Voce sabe quem financiava o reporter ESSO ? ( rs rs )
    Rapaz, ao chegar no carango no sábado vi que não tinha mais condiçoes de continuar.
    Uma pergunta para o François, Carlão, Abimael e outros grandes bebedores de cerveja. A Cerveja carrega o potássio? Só isso?

  9. Alex de Souza 8 de setembro de 2011 11:13

    farei de tudo para não ir.

  10. Jota Mombaça 7 de setembro de 2011 21:05

    Discussões de altíssimo nível?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo