Que cerveja é essa? Cumade Florzinha

Cumade Florzinha.2Além das questões visuais, olfativas e palativas, as cervejas brasileiras apresentam outra característica que acertam o nosso gosto em cheio: a capacidade de dialogar com nossas mais variadas manifestações culturais.

Sejam elas cidades (Blanche de Curitiba, Bierland Blumenau), bandas locais (Velhas Virgens, Raimundos Helles) ou comidas típicas (Cocada Preta, Saison de Caju), o que acaba nos deixando mais próximos delas, fazendo a gente experimentá-las muitas vezes por mera curiosidade.

E confrade, quantas não são as gratas surpresas que essa curiosidade proporciona!

Em minhas incursões pelas terras pernambucanas, a grata surpresa da vez foi a Cumade Florzinha, uma American India Pale Ale que, apesar do amargor nela presente, é altamente refrescante e aromática – principalmente pela tal “fulozinha” que está presente em sua receita.

Pernambucan IPA

Sobre o estilo American India Pale Ale, nós já conversamos quando falamos da escocesa Punk IPA (www.substantivoplural.com.br/que-cerveja-e-essa-punk-ipa), marcado pelo uso de pelo menos um lúpulo estadunidense.

Essa receita específica, desenvolvida pelo mestre-cervejeiro Edgar Domingues, da pernambucana Capunga, é a terceira da linha comercial desta cervejaria que está em pleno crescimento, e que ao entrar no mercado já caiu no gosto da turma do movimento Recife Bebe Local.

Cumade Florzinha.3O rótulo homenageia a homônima figura folclórica, também conhecida por Mãe da Mata – uma espécie de fada protetora das florestas que, à semelhança da Caipora, prega peças nos incautos visitantes da Zona da Mata de Pernambuco e Paraíba, amarrando as crinas e caudas dos seus cavalos caso não se deixe uma oferenda em seu nome.

A cerveja foi batizada assim pelo fato de que o lúpulo estadunidense Galaxy é utilizado na sua variação em flor, em vez do pellet comumente usado por outras cervejarias.

Essa característica confere à cerveja um incrível frescor, tanto no aroma quanto no palato.

Seu conjunto de amargor, corpo médio e um maracujá bem presente a tornam uma cerveja de entrada para os incautos visitantes do universo das lupuladas.

Notas

Como dito anteriormente sobre as cervejas pernambucanas, a Cumade Florzinha é um exemplo de como a cena cervejeira artesanal vem crescendo exponencialmente, tanto em termos de rótulos, quanto de público e, principalmente em qualidade.

IPA com uma drinkability incrível, adequa-se muito bem ao estilo sem deixar de ser uma cerveja, como diria o próprio Edgar, para se beber em grandes goles.

Ein prosit!

Já conhece a Cumade Florzinha? Ficou com vontade de conhecer, ou provou depois de ler nossa coluna? Tem dicas de lugares para encontrá-la, ou de alguma harmonização interessante?

Não deixe de postar seu comentário neste nosso espaço de divulgação da cultura cervejeira.

Cumade Florzinha.4E então, Que cerveja é essa?

Nome: Cumade Florzinha

Cervejaria: Capunga

País de origem: Brasil

Estilo: American India Pale Ale

Álcool: 6% ABV

Harmonização: Carne com chili, falafel, hambúrguer.

Temperatura ideal: 5 – 7 °C

Copo:Caldereta

Média de preço: R$ 15-20 (Garrafa de 330 ml)

Onde encontrar: em distribuidoras de bebidas na cidade.

Gostou dela? Recomendo: Cathedral IPA, Dama Tupi, Tormenta Hoppy Day

Sommelier de Cervejas e Técnico Cervejeiro [ Ver todos os artigos ]

Comments

There are 2 comments for this article
  1. Marcus Vinicius Pereira Campos 4 de Setembro de 2016 11:42

    Muito bom saber sobre a diversidade cervejeira em nossa região. Um incentivo para os demais estados nordestino! Parabéns pela matéria, Breno!!

  2. Herico 17 de Setembro de 2016 17:18

    Encontrei no rei da gela em cidade satélite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP