A biblioteca da Amazon

Por Isabel Coutinho

O escritor James Meek estava descansado a ler “The Third Man”, de Peter Mandelson, na aplicação do Kindle da Amazon, no seu iPad, quando resolveu sublinhar um parágrafo do livro que acabara de comprar. Percebeu então que mais leitores o tinham sublinhado. Recebeu uma mensagem no ecrã: “outras oito pessoas sublinharam esta parte do livro”, conta no artigo “Short Cuts” que escreveu para a última “London Review of Books”.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 11 =

ao topo