“A Cidade que ninguém inventou”

“O que relato são fatos da vida pequena, da rotina banal, do que se passava nas calçadas. Nenhum deles mudou nem a cidade nem a sua história. São fatos que se esgotam em si mesmo e muitas vezes são interessantes apenas pelos personagens envolvidos. Numa linha feliniana, não me preocupei em buscar versões contraditória”.

Trecho da apresentação do livro “A Cidade que ninguém inventou”, de Osair Vasconcelos, que será lançado nesta sexta-feira, às 19 horas, no Pax Club de Macaiba.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =

ao topo