A face humana da sociologia

NO SABÁTICO

Ao responder, por escrito, a uma série de perguntas do Estado, o pensador polonês Zygmunt Bauman reflete sobre a sociedade contemporânea e o desafio de encontrar respostas a problemas que ela mesma criou.

aqui

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Lauriano 30 de abril de 2011 20:11

    Pensador lúcido, esclarecedor.

    “A mudança é a nossa única permanência”
    Disse tudo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo