A ficção contemporânea brasileira

“Como registra a nossa historiografia crítica e literária, alguns olhares estrangeiros foram determinantes para a tradução e afirmação da literatura e da cultura produzidas no Brasil.

Alguns desses olhares nos legaram exímias leituras das nossas letras e assinaram a autonomia da literatura brasileira, como atestam, no século 20, os textos de ensaístas como o alemão Willi Bolle e a italiana Luciana Stegagno Picchio, entre outros”.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo