A Luís Carlos

Epitáfio

“Aqui jaz um menino azul / tragicamente morto / num desastre de velocípede” Luis Carlos

A LUÍS CARLOS

Maio Aziago
levastes o poeta
e agora, como carregar os dias?

Precipitastes o fruto maduro
desgostoando a vida
e nos deixando abandonados

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + dezessete =

ao topo