A morte anunciada da canção

“Quando a própria classe musical, vaidosa, ocupa suas melhores horas se entorpecendo com a possibilidade de narrar minúcias do cotidiano aos seus fãs, como esperar que haja tempo para se envolverem numa produção artística de qualidade? Se é verdade que a arte imita a vida, então pode encomendar o velório: a canção está mesmo com os pés na cova.” BRUNO MEDINA

AQUI

Go to TOP