A obra completa de Candido Portinari

UM CERTO SENHOR CANDIDO PORTINARI

“Na tela, e gigantescos murais, foi o primeiro a colorir nossos problemas sociais”

Nascido em Brodósqui, Candido Portinari foi o maior pintor do Brasil. O azul de Portinari e suas luvas amarelas são as cores de um Brasil que estava a ser reinventado. É nosso propósito homenagear esse artista fundamental para a cultura brasileira, destacando algumas facetas menos conhecidas desse grande pintor.

Retratista

Portinari foi o maior retratista do Brasil. Entre os mais de 600 retratos pintados por ele, são notáveis os retratos de Mário de Andrade, Manoel Bandeira, Pagu , Graciliano Ramos, Drummond, José Lins do Rego e seu biógrafo Antônio Bento: Grande crítico paraibano de arte e potiguar de coração, escreveu uma das melhores biografias de Candido Portinari.

Portinari Ilustrador

Portinari foi também um grande ilustrador de Livros. São belos os seus 21 desenhos que ilustram cenas do célebre livro Dom Quixote de la Mancha, escrito por Miguel de Cervantes. Esses desenhos, coloridos feitos com lápis de cor, seriam destinados a uma edição brasileira do Dom Quixote. O livro não saiu, mas os desenhos foram lançados num belo álbum acompanhado de 21 poemas e glosas do poeta Carlos Drummond de Andrade. Portinari ilustrou uma bela edição do livro menino de Engenho de José Lins do Rego (1959), Maria Rosa de Vera Kelsey, Metamorfose (1944),de Murilo Mendes, Presença de Santa Teresinha ( 1934), de Ribeiro Couto , Memórias Póstumas de Braz Cubas de Machado de Assis (1943) para a coleção dos 100 Bibliófilos do Brasil e Portinari devora Hans Staden ( 1997).

Toda a obra desse artista genial pode ser apreciada aqui

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 4 =

ao topo