“A Origem” é um falso brilhante

Por Inácio Araújo

“A Origem” me pareceu basicamente uma versão pedante e intimidatória de “Onze Homens e um Segredo”.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − oito =

ao topo