A pergunta negra de Neruda

Por José Castello

Chega-me a primeira edição brasileira de “Arte dos pássaros” (José Olympio), livro de poemas que Pablo Neruda (foto) publicou em 1966. Nunca tive dúvidas de que – apesar dos preconceitos políticos que ainda hoje cercam sua pessoa e sua obra – Neruda é um dos grandes poetas do continente. Seus poemas sobre o gavião, a pomba, a gaivota, o sabiá, o urubu, o quero-quero confirmam isso.

aqui

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Jarbas Martins 25 de outubro de 2010 14:24

    NÃO EXTIRPEMOS OS DEMOCRATAS

    Com tua voz de água e prata das cordilheiras, veterano capitão Neruda,
    encanta para sempre nossas elites brasileiras, não as deixe por chumaços de algodão no ouvido para calar o mar,que não se escute mais seus grunhidos tardios,que cesse para sempre seus pequenos hinos de azinhavre ao Capitalismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo