A quem interessa a privatização da Caern?

Por Edwin Carvalho

O processo instaurado pela Prefeitura de Natal, abrindo a possibilidade de romper o contrato de concessão com a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) merece reflexão. Na prática, quebrar o contrato com a Caern significa entregar os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário para a iniciativa privada, uma vez que não há no Estado outra empresa capaz de atender à população. O que pretendo aqui é levantar a questão da privatização e suas implicações técnicas, econômicas, políticas e sociais.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 15 =

ao topo