A santa

“Desejou o homem desde que o viu na cruz pela primeira vez. Aquela nudez tão diferente dela, ao mesmo tempo tão entregue. Tão dela. Esse deus que revelava a divindade que também nela habitava”.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo