À Sombra do Oiteiro

Por Cinthia Lopes e Maria Betânia Monteiro
Tribuna do Norte

A sombra da mangueira do sítio Oiteiro, em São Gonçalo do Amarante, está vazia. Sem cachimbo, romance ou cadeira de balanço. No final da tarde de sábado, aos 85 anos de idade, Dona Militana Salustino do Nascimento morreu levando consigo a voz e a história de tempos e lugares distantes.

aqui e aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 3 =

ao topo