A tuberculose do faraó

Por Antonio Cicero

“Por ocasião da morte de Lévi-Strauss, o antropólogo francês Philippe Descola, interrogado sobre “quem seriam os gênios de hoje”, citou, em primeiro lugar, Bruno Latour. Mal pude crer no que li. A primeira coisa que me vem à mente, sempre que leio ou ouço o nome de Latour, é o título do excelente livro de Alan Sokal e Jean Bricmont, “Imposturas Intelectuais”.

aqui

Go to TOP