A verdadeira preocupação dos EUA não é o islã, é a independência

Boneco representando Mubarak foi enforcado durante as manifestações

Por Noam Chomsky

“O mundo árabe em chamas”, a rede Al-Jazeera noticiou semana passada, enquanto em toda a região os aliados ocidentais “rapidamente perdem influência”. A onda de choque foi posta em movimento pelo levante dramático na Tunísia, que derrubou ditador apoiado pelo Ocidente, com reverberações sobretudo no Egito, onde manifestantes desafiam a polícia brutal de outro ditador.

aqui

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Carlos de Bragança da Silva 4 de fevereiro de 2011 22:04

    Tudo que Noam escreveu está corrreto, faltou apenas ele dizer que tudo isso é escorado na questão Palestina. Todo o mal, toda a guerra, toda a injustiça, toda a desgraça, tudo que há de ruim no mundo, tem seu modelo, seu embrião, seu protótipo, na questão palestina. Enquanto não for resolvida a questão palestina não haverá paz na terra. Quem viver verá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo