“A Vida Breve”

Estou aqui no trabalho doido pra chegar em casa e ler “A Vida Breve”, de Juan Carlos Onetti, entregue hoje pelos Correios. Comprei na Estante Virtual, num sebo que fica em Cuiabá (Fiuza Livros Usados). Já sou freguês da Estante, mas essa foi a primeira vez que comprei num sebo inteiramente virtual (explico: as outras compras foram em sebos físicos), fiquei meio receoso – e se o sebo não existisse???, mas novamente o serviço foi perfeito. Paguei R$ 12,00 pelo livro e R$ 6,00 pelo frete, na livraria sai por R$ 40,00, como o livro está em ótimo estado, fiz um negoção.

Onetti considerava esse o seu livro mais importante. Essa edição que tenho em mãos, de 2004, é da Planeta, que iniciou este ano a edição das obras do autor (incluindo “A Vida…”). Vi vários obras do autor na livraria, o que aumentou o meu interesse em lê-lo, uma vez que não o conheço.

Nesta contracapa de 2004 tem opiniões de alguns dos mais importantes nomes da literatura sobre o escritor uruguaio, como  Cortázar (“Onetti é o maior romancista latino-americano”), Fuentes, Juan José Saere Mario  Benedetti (“A mensagem que Onetti inculca no leitor, com diferentes tramas e em diversos graus de realismo indireto, é o mal-entendido global da existência, o desencontro do ser com seu destino”).

Go to TOP