Abraão Zacuto 500 +

Abraão Zacuto (Abraão Ben Samuel)  1450- 1510

Há quinhentos falecia o grande geógrafo e sábio Abraão Zacuto. Nascido em Salamanca em 1450, foi catedrático em Astronomia em diversas universidades da Espanha. Quando da expulsão dos judeus da Espanha, Zacuto veio para Portugal e deu grandes contribuições astronômicas a el rei D. Manuel, nos primórdios da grande época das navegações.

Escreveu o Bi’ur Luhot que foi traduzido pelo seu discípulo José Vizinho com o nome do Almanach perpetuum ( Almanaque Perpétuo 1486). Nessa obra famosa de grande valia para o conhecimento astronômico da época Zacuto narra o importante eclipse do Sol de 23 de janeiro de 1525.

Ele escreveu também o Sepher Juchasin (Livro das linhagens), impresso pela primeira vez em Constantinopla em 1566. Nessa obra constam informações importantes sobre os judeus do século XV e de suas lutas contra os cristãos.

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + 11 =

ao topo