Aceitando a realidade

Por Mario Bertolino

O brasileiro não lerl. O povo quer sol, fazer nada. É por isso que não se vive de literatura. Natal por exemplo, aqui não há leitores mas sim compradores de livro. Quando alguém lança um livro desses só os amigos, as vezes coagidos, compram. E para nunca ler. Indago: por qual razão tanta gente se entende por escritor mesmo não tendo qualquer qualidade? Deve ser um charme se dizer “escritor”, sem realmente ser um. Qual será o encanto, a magia? Tem quem procure desesperadamente a autopromoção. Seria menos ruim dizer: escrevi um livro que se autopromover como escritor. Talvez também seja a razão Do brasileiro encarar com mais seriedade escritores de fora e até mesmo as editoras.

Arte: Chirico

ao topo