Agradecimento

porta entreaberta

Obrigada querido, estou feliz…… Parecendo minha neta quando ganha chocolate. Tácito, lembro-me de uma certa tarde, quando Patrik entrou em casa e me entregou um cartão teu. Puxa! Foi uma alegria, tanto tempo sem notícia de ti, amigo. Desde então passei a ler o SP, acompanhando em silêncio… Virou meu vício, um vício bom. Um vício que não quero mais perder: “postar no SP” – rs. Obrigada Tácito, por me acolher tão bem aqui, com tanto carinho. A você e a todos o meu abraço e o agradecimento pela acolhida carinhosa. Desta amiga de sempre. Abs.

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem
  1. Tânia Costa 13 de julho de 2010 10:00

    Oi Ednar,

    Fico feliz com a sua presença.
    Beijos,

  2. João da Mata 13 de julho de 2010 9:32

    Seja bem vinda, querida Ednar

    Fico feliz com o tom que as mulheres conseguem dar à vida. Ao susbtantivo. À vida de todos nós.

    abração,

  3. Tácito Costa 13 de julho de 2010 8:54

    Ednar querida, não há o que agradecer. Estamos todos muitos contentes em tê-las mais perto entre os pluralistas. abs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo