Alice Munro e as vidas nutridas pela ficção e pelos desejos

Por Antonio Marcos Pereira

Escritora canadense, Nobel de Literatura de 2013, entrelaça histórias que, lidas como fato, invertem o sentido do espelho para o leitor.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 7 =

ao topo