“América não vai ficar louca”

francesPara o francês Emmanuel Todd, o governo do norte-americano Barack Obama é uma garantia de que a “América não vai ficar louca” nem passar da “direita extrema à extrema-direita”, como parecia ser a tendência durante o governo de George W. Bush. “Obama faz políticas razoáveis e retoma discussões no plano internacional, mas até o momento não aconteceu grande coisa. Guantánamo mesmo ainda não fechou”, diz Todd, um demógrafo especialista em geopolítica que defende que vivemos, no momento, a perda de importância do poder norte-americano no mundo.

aqui

Go to TOP