Amor que vive

amor

Então direi que o meu amor é maior que o mar…
Quando ele se derramar no nosso sonho,
Quando as noites forem iluminadas pelo nosso canto,
Quando a saudade já não for o maior sentimento dos finais de tarde,
Cantaremos uma canção, envolvidos pelas águas de sal…
E veremos, refletidos na Lua,
Que este amor nasceu pra viver…
Que viveu no silêncio…
Mas alimentou-se desta esperança*.
Um amor que vive,*
Uma luz que dança,
Um sorriso quase criança,
Meu cabelo:
Uma trança
Que teci
Na tua espera
Então direi que ainda é cedo
Que, de morrer, não tenho medo
*pois teu amor, o meu, alcança

Comments

There is 1 comment for this article
  1. Tácito Costa
    Tácito Costa 12 de Julho de 2010 14:17

    Ednar, que tal criarmos uma pág./coluna p/ você? Envie uma foto para o meu e-mail que providenciaremos isso. abs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP