AO LONGO DO TEMPO

Por Carlos Gurgel

ao longo do tempo preparamos tempestades e fugas …como festejando maturidade e consciência

ao longo do tempo suportamos ofensas, esquecimentos e partidas

como se à nós fosse facultado o direito da nossa própria desconstrução

ao longo do tempo perdemos a razão embrutecidos como uma pedra caminhamos ao redor de uma mesma montanha

disfarçados por uma armadura frágil e falsa

ao longo do tempo acompanhamos como presos a vida

como só assim pudéssemos vê-la

ao longo do tempo partimos

e já não podemos sentir o gosto alegre da manhã e da face de uma lua que reina.

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 − 2 =

ao topo