Apaixonado por uma máquina!

Por costume, incompetência pessoal, ou mero receio, tenho acompanhado a evolução (ou revolução) tecnológica com alguma lentidão e muitos cuidados. Principalmente no que concerne ao ramo da informática, em que estou sempre com olhos desconfiados e tateando para poder me assomar àqueles sôfregos adeptos da linguagem e dos instrumentos que freneticamente surgem no mercado a cada santo dia.

É uma fobia contemporânea…quem sabe? Pode ter várias outras “leituras”…

Mas, o fato é que, desde que tive notícia acerca da existência dos chamados “tablets”, os leitores digitais portáteis, intessei-me de cara. E prometi a mim mesmo que superaria os meus medos e iria logo adquirir um daqueles tais brinquedinhos.

Pois é! Esse dia chegou já faz quase um mês, quando comprei o tal do IPad. Vou dizer. Vou dizer. Vou dizer: uma maravilha tecnológica! Uma delícia em vidro e metal!

Puxa vida! Nada melhor do que parar num café ou mesmo numa chata fila de banco, ou numa viagem qualquer, dentro de ônibus, barco ou avião, e dispor de informações do mundo todo, levando, inclusive, uma biblioteca ambulante em várias línguas. Ainda por cima, carregando pouquíssimo peso.

Estou apaixonado pelos aplicativos diversos, as cores, os dados, a possibilidade de ler jornais de toda parte ou os meus blogs e sites favoritos (como, evidentemente, este SPlural), com qualidade de imagem acima da média e…tantos outros recursos ao alcance da mão.

E tem mais: é um grande auxiliar de trabalho. Dia desses participei de uma audiência na Justiça Federal, podendo acompanhar todo o processo diante dos meus olhos e naquela telinha. Extremamente útil, constatei!

Você já imaginou seus filhos sem aquelas mochilas com quilos e quilos de livros, cadernos e outros materiais escolares nas costas? Pois é! Esse dia vai chegar, logo, logo!

Vou dizer uma coisa e quem quiser que se chateie: o tal do Steve Jobs já é um dos meus heróis contemporâneos!!!

Advogado público e escritor/poeta. Membro da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × dois =

ao topo