Apichatpong Weerasethakul aponta novos caminhos para o cinema

Por Luciano Trigo

Vencedor da Palma de Ouro no último Festival de Cannes, Tio Boonmee, que pode recordar suas vidas passadas é um filme estranhíssimo para olhos acostumados às convenções narrativas do cinema americano.

aqui

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Tácito Costa 1 de fevereiro de 2011 15:09

    Assisti no mês passado esse filme e dei conta aqui da minha estranheza. Pertinentes os comentários de Trigo, lançando luz sobre determinados aspectos do filme. Conversando por e-mail com Rodrigo Levino ele me disse que gostou de “Tio Boonmee”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo