Arderá

Por Chico Martins

Tomara que fosse real os versos narrados, que a dor que arde e arderá, nem súplica a suplicar basta

Senti-la nas róseas partes, cravado a secretar segredos, tão úmidos que a dor que arde não arderá

Róseas partes bebe branco.

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo