ária pra contralto em mi bemol

o fogo que me escorre do lábio, senhor?

a tua mão.
a que me tira o boldo e o gengibre.
*

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo