Arte intensa na Escola de Música da UFRN

Em tempos de políticos fora-da-lei, carnavais fora-de-época e arremedos artísticos fora-de-propósito, eis que surge no horizonte do Campus Central da UFRN, em Natal, uma espécie fantástica de oásis. Ali se vive a arte mais preciosa e pura, se convive com inteligências e sensibilidades poderosas, acima da média do que hoje se vê e se ouve nessa seara. A grande música, a grande arte, a arte intensa que ali se pratica é digna de todos os louvores e incentivos.

Além de propiciar pleno prazer sensorial e ao intelecto dos que buscam sofregamente encontrar alternativas culturais de bom nível na nossa Natal, tem se constituído e se firmado num centro irradiador de conhecimentos musicais para uma ou algumas gerações de jovens que colocam seus talentos e seus labores à disposição plena de se formarem grandes instrumentistas, algo que vem se aperfeiçoando com o empenho de mestres importantes, como fazem exemplos os dínamos André Luiz Muniz (FOTO) e Fábio Presgrave, dois colossais valores artísticos que engrandecem o Rio Grande do Norte atualmente.

André e Fábio não são potiguares de nascimento, mas já merecem esse título há um bocado de tempo. André, inquieto e apaixonado recifense, graduou-se na UFPE, concluindo o Mestrado em Regência Orquestral na UNICAMP. Doutor em Música, na área de Regência Orquestral, pela Universidade de Montreal, teve a orientação de Jean-François Rivest para esse mister. No ano de 1994, experimentando os ares da Suíça, estudou regência coral no Conservatório de Genebra. Com vasta experiência adquirida no contato com diversas orquestras brasileiras e com premiações recebidas, André se dedica fortemente à direção da Orquestra Sinfônica da EMUFRN, que está lapidando sem cessar, sem vacilos, executando preciosidades da música erudita e trazendo para a audição privilegiada grandes momentos, sempre contando com convidados da melhor qualidade. É um mestre nato, um professor dedicado, lecionando na graduação e na pós-graduação da UFRN e permitindo que o público externo veja e ouça o que de melhor se faz por ali.

Fábio Presgrave, carioca de sorriso fácil e largo, pensamento elevado e raro carisma, é um virtuose do instrumento e do ensino. Violoncelista, Bacharel e Mestre pela Juilliard School of Music (NY) e Doutor pela UNICAMP, é fácil constatar como os seus alunos o reverenciam sem falsas bajulações, todos o admiram pela sua maneira despojada, porém engajada e firme, de realizar os melhores eventos e propiciar, com seus múltiplos contatos, Brasil e mundo afora, as oportunidades mais improváveis e raras, os grandes encontros que honram a história dos músicos (de ontem e de hoje) deste combalido estado nordestino. Fábio já recebeu prêmios diversos e tem o reconhecimento e a admiração de importantes nomes da música instrumental, tanto no Brasil como no exterior, viajando constantemente para práticas musicais e de ensino. Ouvir o seu violoncelo é um deleite que deveria ser experimentado por todos os amantes da boa música no Rio Grande do Norte.

Pois bem, esses dois têm feito coisas assombrosas, no melhor sentido. Têm estabelecido e restabelecido conexões históricas e dado de presente à contemporaneidade o que de mais especial existe no campo da música. As circunstâncias e as decisões que os trouxeram ao Rio Grande do Norte, à nossa Natal e à nossa UFRN foram bênçãos para todos nós, os apaixonados pela grande arte e pela grande música. Eles não merecem somente títulos de cidadãos honorários. Merecem também um especial presente, que já se faz urgente em face do crescimento dos seus públicos ouvintes: um auditório maior, monumental mesmo, para a valorosa Escola de Música da UFRN. É isso, com destaque, o que desejamos que se realize em 2015 e adiante, para esses dois sujeitos fantásticos e seus muitos parceiros musicais e admiradores. Além dos sempre repetidos “bis” e “bravos”!!!

Advogado público e escritor/poeta. Membro da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras. [ Ver todos os artigos ]

Comments

There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP