Artista cria polêmica com porcos tatuados

Exposição no Museu de Arte Moderna e Contemporânea de Nice (Mamac), na França, traz sete porcos empalhados que tiveram suas peles tatuadas. Intitulada de ‘Les cochons tatoués’ (Os porcos tatuados), a obra do artista belga Wim Delvoye provocou a ira de entidades de defesa dos animais, que prometeram protestar na abertura ontem (12) da exposição.

Delvoye começou a tatuar porcos ainda na década de 1990. Na década seguinte, ele transferiu o projeto para uma fazenda na China, longe do olhar de reprovação de entidades de defesa dos animais. Em outro de seus trabalhos polêmicos, o artista belga criou uma instalação capaz de ‘produzir fezes’ batizada de ‘Cloaca’.  Fonte: G1 (Foto: Valery Hache/AFP).

ao topo