Artistas de cinco países compõem mostra internacional de arte contemporânea 5 x 5

guistavo rocha

A Segunda Mostra Internacional de Arte Contemporânea 5 x 5 será aberta amanhã, dia 06, na Pinacoteca do RN, às 19h, e segue até o dia 8 de março. A exposição apresenta 76 obras de 45 artistas do Brasil e do México, Colômbia, Alemanha e País Basco. O grande diferencial é o tamanho das obras: 5 x 5 cm. Organizada pelos artistas Francis Silva, que propõe a mostra, e Jean Sartief, produtor, em parceria com o diretor da Pinacoteca Mathieu Duvignaud, esta exposição é um presente para o Rio Grande do Norte. Na mesma noite, entra em cartaz a mostra Statera Sincreto, do artista Gustavo Rocha.

A ideia de realizar uma exposição em pequenos formatos foi idealizada em 2011 pelos artistas colombiano Jorge Lagos e Daniel Naranjo, juntamente com Francis, que reside em Pelotas-RS, quando realizaram uma exposição de brasileiros no Palácio de Belas Artes/Universidade de Caldas/Colômbia, intitulada: 5 X 5 Brasil. Em seguida foi realizada uma grande mostra coletiva com os brasileiros e colombianos na cidade de Pelotas, intitulada: 5 X 5 Brasil/Colômbia.

A proposta lançada aos criadores, nesta segunda edição, é um convite ao desafio, que é provocar no artista um caminho para pensar e adaptar suas ideias em pequenas dimensões, sem perder a beleza, a qualidade e a potência de seu fazer, e por vez, da Arte. As obras possuem o formato 5 x 5 cm, e são pinturas, objetos, esculturas, gravuras, fotografias, desenhos e arte digital. “Com isso, visamos a troca de experiências entre artistas e a participação do público natalense”, explixa Francis.

Artista multimídia Gustavo Rocha expõe Statera Sincreto

A exposição Statera Sincreto, de Gustavo Rocha, permeia por técnicas variadas como colagem, marcador nanquim e tinta sobre tela. Além de artista visual, Gustavo é designer, publicitário, ilustrador e músico. Desde o início de suas invenções artísticas, pintou paredes pela cidade, na maioria das vezes em colaborações com outros artistas e instituições interessadas em seu trabalho.

A mostra está dividida em agrupamentos de trabalhos de acordo com a técnica utilizada e o tema central abordado. As obras de Gustavo sempre revolvem formas de acreditar o/no mundo, Statera Sincreto pode ser entendido como uma mistura, um sincretismo no equilíbrio. As colagens recebem o nome, enquanto série, de Bendito em seus olhos, maldito em sua boca, título de uma música da banda Colligere que fez parte de sua vida desde cedo, e as peças mexem com cristianismo e seus dogmas.

Desenhos em nanquim, divididos em duas séries, uma nomeada de Chá Mate, de traços detalhados e minuciosos, brincam com a capacidade de transcender e estar aberto a enxergar o mundo através de suas inúmeras possibilidades. As obras em tela remetem ao hinduísmo e envolve os chacras numa jornada mística transcendental.

Exposição Coletiva 5 x 5 e individual Statera Sincreto (Gustavo Rocha) – Abertura: 06/02, às 19h. Pinacoteca potiguar, Praça Sete de Setembro, s/n, Cidade Alta. Visitação: até 8 de março, de terça a sexta, das 8hs às 18h, sábado das 9h às 17h. Tel.: (84) 3211-7056.

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP