Aspades em Portugal

A artista plástica Betânia Araújo, atual diretora do Museu do Forte das Cinco Pontas, no Recife, visitando um mercado em Belém, Portugal, viu numa banca de livros alguns exemplares de “Aspades, ETs, etc.”, do escritor Fernando Monteiro, fez questão de registrar e mandar para o autor a foto, com a mensagem abaixo:

Querido Fernando
No caminho para Belém parei no mercado e encontrei Aspades. Fico sempre feliz quando encontro os amigos nos percursos além-mar.
um abraço
Betania

Eu fiquei em dúvida sobre a qual Belém se referia a artista e enviei e-mail para Fernando que respondeu:

É não, Tácito, é a Belém portuguesa: uma linda cidadezinha de pescadores, na qual muito me surpreendeu que “Aspades, Ets Etc” esteja ainda à venda (na edição de Campo das Letras Editores — do Porto –, que foi a primeira edição, de 1997, antecedendo a primeira brasileira, de 2000, pela Record)…

Quer dizer que o romance ainda está sendo vendido por lá? (E não teve uma segunda edição, pela Campo, porque a capa – desenho de Francisco Brennand – eu vi, na imagem enviada por Betânia, que é a mesma de 1997…)

PS – Betânia é uma das nossas grandes artistas, pintora e arquiteta também, além de atual diretora do belo museu que funciona na velha Fortaleza das Cinco Pontas, que só perde para a dos Reis Magos daí…

ao topo