Ataulfo Alves

alçves

“Comemorado neste ano, o centenário de nascimento do compositor e cantor Ataulfo Alves (1909-1969) passaria quase em branco, não fosse o lançamento do livro do jornalista e escritor Sérgio Cabral, que relembra a trajetória e, principalmente, revê a obra desse criador de grandes clássicos do samba, como “Mulata Assanhada”, “Ai, que Saudades da Amélia”, “Na Cadência do Samba”, “Pois É” e “Atire a Primeira Pedra”.

aqui

Go to TOP