Bruxuleante

Não considero a hipótese
de ter minha sombra solta
vagando tresloucada por aí.

Tenho-a como tatuagem
decalcada de mim
colada em mim
marcada e tensa.

Volto os olhos pra toda luz
e tonto encontro caminho.

Outra escolha me move
e ainda são minhas [as so(m)bras]
e são meus também
os passos dados no escuro.

Advogado público e escritor/poeta. Membro da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 13 comentários para esta postagem
  1. Lívio Oliveira 23 de abril de 2013 12:57

    Sim, François…a comparação com Oreny é uma honra para mim.

  2. Lívio Oliveira 23 de abril de 2013 12:45

    Angela Magna, Jarbas e François, estamos nessa luta aí.

  3. François Silvestre 23 de abril de 2013 10:49

    Lívio e Oreny, dois craques do verso.

  4. Jarbas Martins 23 de abril de 2013 10:37

    Coisas de bruxo diletante -Livio Oliveira.Abração, poeta.

  5. Angela Magna 23 de abril de 2013 10:30

    Concordo com Jairo Lima. A poesia de Lívio é isso mesmo!

  6. Lívio Oliveira 23 de abril de 2013 9:40

    Caro Marcos, fico grato pela análise.

  7. Marcos Silva 22 de abril de 2013 22:55

    Gosto especialmente dos dois últimos versos, bonito e conciso desfecho, como Anne já salientou. O verso “e tonto encontro caminho” tb é muito bom.

  8. Lívio Oliveira 22 de abril de 2013 17:52

    Grande Jairo: sempre um toque de generosidade altiva.

  9. Lívio Oliveira 22 de abril de 2013 14:37

    Anchieta, Bethânia e Anne, queridos, vocês me deixaram feliz.

  10. Jairo lima 22 de abril de 2013 14:18

    Lívio, sempre um toque de mestre.

  11. Anne Guimarães 22 de abril de 2013 11:19

    Lívio, querido…
    Amei os versos, a profundidade nas entrelinhas…
    o autoconhecimento, a verve que habita o espaço coletivo, além do próprio coração. Desfecho perfeito.
    Que bom ler coisas assim, que maravilha!
    Beijos n’alma.
    🙂

  12. Bethânia Lima 22 de abril de 2013 10:10

    Há sombras que assombram, há sombras que são sobras…e há as que fortalecem… um tanto que bruxo mesmo…

  13. Anchieta Rolim 22 de abril de 2013 9:33

    Lívio, meu amigo, só me resta dizer: Maaaaassa!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo