Cada um merece o serra que tem

Por Gustavo de Castro

Amigos e amigas, vamos criar o movimento São Paulo para os Nordestinos! Que tal? Seriam zonas de conversão de massas de paulistas em nordestinos, tudo muito simples e voluntário. Vamos criar casas de passagem onde você é devidamente batizado num banho com águas importadas das praias da Bahia. Você primeiro faria um teste no vocabulário: diria vôte, oxente, arreite, vixe, danouxe, tá-cá-molestia, etc. O batismo seria, claro, vc dançando um forró, ao som de um trio-pé-serra. Não o “serra” do José. Cê sabe: cada um merece o “serra” que tem.

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP