Canto do harpista

Márcio de Lima Dantas

Se há a branca luz solar
– aprecio o colorido das flores.

Se há os pardais e o seu canto
– degusto as notas de louvor ao dia.

Se há uma quietude nos eventos
– louvo a fortuna da ausência de novidades.

Nenhum desiderato desassossega minha alma.

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Lívio Oliveira 27 de janeiro de 2011 14:25

    Bom ter a alma sossegada. Valeu, Márcio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo