Carmen é 100

Carmen Miranda – A pequena notável

Carmen Miranda não foi só uma das maiores interpretes da Musica Popular Brasileira, como deixou inúmeros (as) imitadoras. Seu estilo de cantar era único. Uma voz pequena mas bem sincopada e colocada. O turbante e o pomar ajudavam a aumentar sua estatura. Uma pequena- notável como outras pequenas e grandes atrizes do cinema. Toda a homenagem é pouca no seu centenário. Quando ela voltou dos EUA disseram que ela tinha voltado americanizada. Que nada! A ginga, insinuações e malemolencia nunca deixou os passos dessa artista unica.

Ademilde Fonseca, nossa conterranea, é outra grande interprete da de chorinhos e canções. Ademilde gravou um disco” A la miranda” cantando os sucessos de Carmem. Um disco monumental que passei 20 anos paa adquirir, de tão raro.
Uma das músicas desse disco é, na minha opinião, uma das maiores musicas do cancioneiro popular mundial.
Muitas outras interpretes gravaram essa canção. Qunado eu me despedir algum dia, pode tocar bem alto essa música eterna. Ouçam a interpretação inigualável da eterna rainha Ademilde Fonseca. Ouçam também na voz de Marisa Monte

Adeus Batucada
Marisa Monte
Composição: Sinval Silva

Adeus meu pandeiro de samba
Tamborim de bamba
Já é de madrugada

Vou-me embora cantando
Com meu coração chorando
E vou deixar todo mundo
Valorizando a batucada

Adeus, adeus
Meu pandeiro de samba,
Tamborim de bamba
Já é de madrugada

Vou-me embora cantando
Com meu coração chorando
E vou deixar todo mundo
Valorizando a batucada

Em criança com samba eu vivia sonhando
Acordava estava tristonha chorando
Jóia que se perde no mar só se encontra no fundo
Samba e Mocidade sambando sibosa neste mundo

E do meu grande amor sempre me despedi cantando
Mas da batucada agora despeço chorando
E guardo no lenço uma lágrima sentida
Adeus batucada, adeus batucada querida

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

ao topo