Geral

Há algum tempo tem se observado em alguns países processos de judicialização da política. Com características distintas, ele é complexo, em suas origens e conseqüências. O livro “A Judicialização da Política”, organizado pelo professor de Direito, Luiz Moreira, que reúne artigos de diversos autores sobre o tema, mostra, entre outros aspectos, que esse processo teve […]

Continuar Lendo

O rio Potengi é aonde vai dormir o sol. Este é um milagre poético observado por Rosângela Trajano de um lugar sagrado, a Pedra do Rosário. Outro poeta, Zeca Brasil, de lá viu, no horizonte, o sol lilás. O nobre Otoniel Menezes valoriza nosso rio: a canção “Praieira” tornou-se o hino não oficial da cidade, […]

Continuar Lendo

É justamente o novo e o inusitado que buscamos nos livros: a delícia de nos levar a vidas que nunca vivemos, sensações que nunca tivemos Sempre leio vários livros ao mesmo tempo. A depender do clima, do meu humor, do tempo disponível para leitura, um romance ganha vantagem sobre outro e avança muitas páginas, enquanto […]

Continuar Lendo

A Raquel de Queiroz e Oswaldo Lamartine, in memorian em teu peito de avelós urro de fome tetas interrompidas pela seca veloz juremas mofumbos aroeiras vertigens miragens açudes a açoitar a sede minguante céu choroso estrelas decadentes rios secos acauãs berrantes mandiocas envenenadas ah chocalhos silenciosos cemitérios de ossos o vento só sopra cifras de […]

Continuar Lendo

Um homem cívico e outro santo, insubmissos ao modo de vida do seu tempo, são pioneiros da ecologia. São Francisco (1182-1226) e Henry David Thoreau (1817-1862). Sou devoto deles. Por isso, quis visitar a basílica da cidade de Assis na Úmbria italiana. Surpreendeu-me o afresco em que Giotto humaniza o santo. Senti, na perspectiva do […]

Continuar Lendo

Em vez de flores, pães   Trouxe-te flores, colhia-as no início do caminho. Se têm cravos ou espinhos? Não sei, não reparei neste detalhe de desalinho. Trouxe-as para decorares tua varanda, querida, e perfumares tua alcova. *** Trouxe-te crisântemos, gardênias e algumas margaridas. Comprei-as no meio do caminho. Se têm espinhos? Nem reparei neste detalhe […]

Continuar Lendo

Metamorfose por obrigação E era ali, naquele beco escuro, comendo lixo e tendo os ratos por companhia que ele vivia. Era um cachorro. O mais estranho dos vira-latas, o que às vezes atraía a atenção de alguns dos pedestres que passavam por ali. O pobre, vivia encolhido em seu cantinho. Nas noites frias, como era […]

Continuar Lendo

Aquella música que nunca acepta su armonía es armonía: (Aníbal Núñez) Aquela música que dobra no ouvido do silêncio, e se ancora no olvido da vida, é harmonia. *** Aquela outra música que arpeja no ouvido do esquecimento, e se enamora com o olvido dos dias, é mais que harmonia. *** E aquela última música […]

Continuar Lendo

Alguns historiadores mencionam Antonio Batista dos Santos como sendo o fundador de Jucurutu por ter sido o construtor da Matriz de São Sebastião. Antonio era filho de João Batista dos Santos e Maria Marcelina da Conceição, núcleo relevante da família Batista do Seridó. Ocorre que existem dúvidas quanto ao fato de que seja ele o […]

Continuar Lendo
Vá para Topo