Literatura

Recentemente, li, consternado, a noticia de que o jornalista e escritor Carlos de Souza não publicará mais a sua tradicional coluna no jornal Tribuna do Norte. Atitude que empobrece demais a tão carente área literária-cultural do Estado. Em um dos trechos da entrevista, onde explica seu desligamento, o jornalista comenta: “Até tentei fazer algumas críticas, […]

Continuar Lendo

Santiago sai da La Crónica e olha ao redor. O céu está tipicamente limenho, cor de pança de burro, como dizem os locais. Um cinza melancólico, sufocante e sem a liberdade das estrelas. A atmosfera acinzentada é uma metáfora do Peru e dos oito anos de ditadura do general Manuel Apolinario Odría (1948-1956). Carros, prédios […]

Continuar Lendo

Não morre aquele que deixou na terra a melodia de seu cântico na música de seus versos. Cora Coralina in Meu Epitáfio De la musique avant toute chose, a música antes de qualquer coisa – com este verso definitivo, Paul Verlaine abriu o famoso poema Art Poétique, em 1885, considerado um verdadeiro manifesto da poesia […]

Continuar Lendo

Um dos maiores fornecedores de capital humano para a religião como negócio é o submundo do crime. O sujeito está ali, nascido e criado em meio às labaredas, abandonado por homens de terno e cargos públicos, sem túnel algum no fim da meia luz circundante, até surgir uma voz protetora. Logo vira presa fácil, massinha […]

Continuar Lendo

Um dos mais talentosos poetas da nova geração, Leonam Cunha, lançará quinta-feira, 27, às 19 horas, no Mahalila Café & Livros, em Potilândia (próximo ao Deart – UFRN) o seu terceiro livro de poesia, “Condutor de Tempestades”. Antes, ele já havia lançado “Gênese” (2012) e “Dissonante” (2014), todos pela editora Sarau das Letras. Nada mal […]

Continuar Lendo
Vá para Topo