Literatura

I – Hoje em dia, com as facilidades proporcionadas pela informática, todo mundo é escritor. Parece-me que o grande Umberto Eco já disse algo a este respeito. Escreve-se a granel e publica-se por atacado. (Perdão, pelo trocadilho). Antigamente, não era assim. As pessoas tinham uma espécie de pudor em relação ao que ousavam escrever. É […]

Continuar Lendo

Com quantos fios se tece um poema? A escritora Rizolete Fernandes nos apresenta não somente as linhas, mas os poemas e as tecelãs que acolchoam suas vidas comprometidas com a Vida. Poeta, cronista e pesquisadora, a potiguar nascida em Caraúbas (RN) lança o barbante feito de palavras e passeia pelo mundo compondo uma obra que […]

Continuar Lendo

– Quais os melhores livros de contos brasileiros? Pergunta-me estudante de letras, e eu, como apreciador dessa vertente literária, respondo-lhe com a seguinte lista. 1- “Várias Histórias, “Papéis Avulsos” e “Histórias sem Data” de Machado de Assis (1839-1908. Autor de cinco livros de contos, Machado atinge, nos três acima mencionados , a sua melhor fase. […]

Continuar Lendo

Antes de cair numa vida sem regra, Eduardo Seabra era um marido exemplar e pai de duas meninas gêmeas, Tainá e Tainara, a quem costumava chamar de meu tesouro. O imprevisto da vida, porém, o pegou de cheio no escritório da fábrica quando uma pessoa não identificada lhe falou ao telefone: —Eduardo Seabra? —Sim, pois […]

Continuar Lendo

Muitos pensam que se submeter ao real, aceitar as mágoas e frustrações que ele nos impõe, é o mesmo que desistir. É o mesmo que renunciar a si. Não é. Na maior parte das vezes é o contrário: só a aceitação dos fatos, por mais dolorosos e insanos, nos dá um chão e nos permite […]

Continuar Lendo

Em 1959, o escritor R. Magalhães Júnior organizou, para a Editora Civilização Brasileira, de Ênio Silveira, a antologia, “Panorama do Conto Brasileiro”. Em um dos dois volumes desta obra, dedicados ao “conto do Norte”, incluiu dois autores norte-rio-grandenses: Polycarpo Feitosa e Peregrino Júnior. Trata-se, realmente, de um panorama, ou seja, uma seleta bastante abrangente, juntando […]

Continuar Lendo

Membro da Academia de Letras do Estado fala sobre Machado de Assis. O escritor, professor aposentado e procurador de Justiça, Ivan Maciel de Andrade, 80, lança Machado que eu li na próxima quinta-feira (19), na sede da própria Academia. O livro surgiu por insistência dos amigos Woden Madruga e Jarbas Martins, cientes do conteúdo acumulado […]

Continuar Lendo
Vá para Topo