Poesia

Quatro poemas
A chuva Cai a chuva Ince ante Na biqueira do quintal Cai a chuva Irritante Pela rua de Natal Cai a chuva Inclemente Soterrando o barraco Cai a chuva Per i tente Tran formando...
Continue lendo
O Navio
Ela me atrave ou com a alegria De um navio embandeirado De apito e tremecedor Eu que tinha a agonia de uma vida Sem acontecimento , mú ica lenta De trompete oxidado em urdina Tomou-me...
Continue lendo
A Louca da Casa
Ro a Montero me apre entou a E a mulher e tabanada Notei imediatamente que A conhecia de de empre, Embora com outro nome A que fica pelo canto , muda Ou que de repente lampeja Dizem er...
Continue lendo
Go to TOP