Cauby é parâmetro

Caros amigos:

Cauby Peixoto é um cantor muito importante desde os anos 50, quando começou. O canto masculino brasileiro tem uma linha despojada que vem de Mário Reis e atinge um padrão clássico em João Gilberto. Mas Agostinho dos Santos, Cauby Peixoto, Wilson Simonal e Tim Maia são outras faces do canto masculino entre nós, com direito a recursos e propostas diferentes. Cauby conseguiu a proeza de roubar uma canção de Elis (Bolero de Satã, onde ele tem participação especial) e ela nem reclamou porque o resultado ficou ótimo.

Ainda não ouvi esse disco com repertório de Roberto e Erasmo. Deve ter grandes momentos – a descrição dos arranjos é excitante.

Abraços:

Nasci em Natal (1950). Vivo em São Paulo desde 1970. Estudei História e Artes Visuais. Escrevo sobre História (Imprensa, Artes Visuais, Cinema Literatura, Ensino). Traduzo poemas e letras de canções (do inglês e do francês). Publiquei lvros pelas editoras Brasiliense, Marco Zero, Papirus, Paz e Terra, Perspectiva, EDUFRN e EDUFRJ. Canto música popular. Nado e malho [ Ver todos os artigos ]

ao topo