Censura (Irã e adjacências)

Amigos:

A censura contra a literatura (e outras formas de expressão) no Irã e alhures é lastimável. Lembra tristes episódios da história ocidental, da Inquisição à Caça às Bruxas no segundo pós-guerra, sem esquecer do Brasil ditatorial (os jovens lembram que “Laranja mecânica”, do venerável Kubrick, foi proibido entre nós?).

Devemos combater a censura no Irã e noutros países, sem esquecer que padecemos desse mal num passado não tão distante e que o superamos através de muita luta. Nesse sentido, todo apoio aos iranianos e portadores de outras nacionalidades em luta pela liberdade de expressão.

Abraços:

Nasci em Natal (1950). Vivo em São Paulo desde 1970. Estudei História e Artes Visuais. Escrevo sobre História (Imprensa, Artes Visuais, Cinema Literatura, Ensino). Traduzo poemas e letras de canções (do inglês e do francês). Publiquei lvros pelas editoras Brasiliense, Marco Zero, Papirus, Paz e Terra, Perspectiva, EDUFRN e EDUFRJ. Canto música popular. Nado e malho [ Ver todos os artigos ]

Go to TOP