Que cerveja é essa? Pilsner Urquell

Pilsner Urquell.2Quando nos aventuramos a conhecer o universo das cervejas especiais ou artesanais, um dos primeiros e maiores desafios é de nos desfazermos de certas verdades que nossa experiência etílica – entre amigos, família, bares que frequentamos – cristalizou em nosso ideário. E um dos primeiros choques que sofremos é com relação à nossa querida Pilsen.

Essa nomenclatura, tão encontrada nos rótulos mais populares do mercado, nos faz associar a Pilsen à cerveja do churrasco, ou o chopinho do querido happy hour: uma bebida relativamente leve, limpinha, com pouca formação de espuma, feita para ficar bem geladinha, matar a sede e ser bebida às grades sem fazer a gente perder (muito!) a compostura.

Mas você já percebeu que alguns dos rótulos mais tradicionais vêm, gradativamente, perdendo o nome de “Pilsen”? Seria por que elas deixaram de fazer parte do estilo?

A verdade, confrade, pode ser ainda mais chocante.

É porque elas nunca foram.

De acordo com as classificações internacionais, a nossa famosa cerveja do churrasco enquadra-se em outra categoria: a Standard American Beer, que por questões de atenção ao paladar médio, ou até mesmo para manter um preço mais baixo, adicionam outros adjuntos ao quarteto fantástico água, malte, lúpulo e levedura (essa confusão de terminologias pode ser contada no futuro).

A Pilsen tradicional (também chamada “Pils”, “Pilsner”, dentre outros), embora possa enganar a visão mais distraída, apresenta diversas distinções quando partimos para o campo sensorial.

A cerveja de que vamos falar hoje, a Pilsner Urquell, pode nos servir como um icônico ponto de partida para esclarecer algumas das principais características deste estilo, que é o mais consumido no planeta.

Pilsner Urquell.3História

O surgimento desta lager se confunde com nascimento do próprio estilo. Até o seu nome é histórico nesse aspecto (Urquell significa “fonte original”). A lenda fala que a população da cidade de Plzen, localizada na Boêmia, República Tcheca, estava bastante insatisfeita com a cerveja consumida na região, a ponto das lideranças políticas locais organizarem, no ano de 1842, a construção de uma nova cervejaria (percebam, vocês, como a cerveja sempre foi um assunto sério por lá).

Como parte da empreitada, contrataram um especialista para capitanear o projeto: o jovem, porém brilhante, mestre-cervejeiro bávaro Josef Groll, que importou tecnologia de fermentação do Reino Unido, e ao unir malte pale, lúpulos Saaz, leveduras de fermentação a frio com a água do lugar, obteve como resultado uma cerveja como nunca antes vista: cristalina (até o século XIX, todas as outras receitas eram bastante turvas), dourada e com colarinho ralo, mas presente.

Nascia a revolução.

Características

A mãe de todas as Pilsen até hoje é uma das maiores representantes do estilo. No aroma, ela é uma cerveja com um leve traço de mel e folhas.

No gole, percebe-se algo de caramelo e frutas preservadas, desenvolvendo um gosto de malte adocicado (proveniente do seu processo de decocção, que tem por objetivo ressaltar o sabor dos grãos com que ela é preparada) e apresentando um final agradavelmente persistente.

Comentários

Você é novo no mundo das cervejas especiais? Ou quer presentear um amigo ou amiga com uma cerveja que não assuste ao primeiro gole? Então a Pilsner Urquell é uma excelente recomendação.

Como apresenta muitas características em comum com as principais lager de massa que já bebemos, ela pode ser uma excelente cerveja de transição.

Pilsner Urquell.4E aqui fica uma dica: mesmo que invariavelmente, depois de um tempo se debruçando em outros estilos mais complexos, a gente tome gosto por experiências mais fortes, retorne à Urquell.

Em termos de aroma e sabor, você sempre vai encontrar nela algo que não havia percebido antes.

Ein prosit!

E então, Que cerveja é essa?

Nome: Pilsner Urquell

Cervejaria: Plzensky Prazdroj, do Grupo SABMiller

Estilo: Czech Premium Pale Lager

Álcool: 4,4% ABV

Harmonização: Linguiça, provolone, picles.

Temperatura ideal: 5-7 °C

Copo: Pilsner (Outra nomenclatura equivocada se espalhou no Brasil; aqui o copo pilsner é comumente chamado de “tulipa”, o que, na verdade, é outro modelo bem diferente)

Média de preço: R$ 18 – 20 (Garrafa de 330ml); R$ 25 – 30 (Garrafa de 500ml)

Onde encontrar: A Pilsner Urquell não é uma cerveja difícil de achar em Natal. Faz parte do portfólio de muitas lojas especializadas, e das cartas de muitos restaurantes da cidade.

Sommelier de Cervejas e Técnico Cervejeiro [ Ver todos os artigos ]

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP