César Revorêdo exonerado da Funcarte

Parece que a jornalista Flávia Urbano derrubou o presidente da Funcarte, César Revorêdo após a matéria-denúncia publicada no Diário de Natal esta semana. Quem disse foi a colunista da Tribuna do Norte, Anna Ruth Dantas neste domingo em seu blog.

Segue a informação passada por Anna Ruth:

“É o ‘fim da linha’ para o presidente da Fundação Capitania das Artes (Funcarte) César Revoredo. A prefeita de Natal Micarla de Sousa já decidiu que ele será exonerado.

Revoredo deixa o cargo depois do escândalo, veiculado pelo Diário de Natal, de que a Funcarte repassava para uma conta pessoal de um motorista todo valor que seria pago aos demais motoristas.

César Revoredo passou nove meses a frente da instituição e, além desse escândalo, também contabilizou na administração crises internas no órgão”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar
  1. Sérgio Vilar 26 de outubro de 2009 10:11

    Tranquilo, François! E como não houve pagamento de nada pra ninguém, as matérias ainda pertencem aos seus respectivos autores. Ninguém tem autorização pra publicar nada se o impasse permanecer. E de minha parte pode confiar. Mas acredito que nada seja alterado. Seria uma falta de bom senso sem tamanho.

  2. Raíssa 26 de outubro de 2009 10:00

    Caso haja alteração, peço que você não deixe o material que me diz respeito com ninguém. A entrevista resultou de um acerto pessoal nosso. Ainda não é propriedade pública. OK? françois.

  3. Sérgio Vilar 26 de outubro de 2009 9:39

    François, se realmente acontecer essa demissão, sinceramente não sei qual o desenrolar da história. Acredito que nada mude. Seria muita ignorância de quem assumir derrubar o que foi feito (porque a revista está praticamente pronta), até pq é da mesma gestão. Enfim, penso que tudo caminhe normalmente. Só não garanto porque foge à minha competência.

  4. Raíssa 26 de outubro de 2009 7:43

    Sérgio, isso altera a edição da revista? françois.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo