Chacrinha

Tive o prazer de ver no último final de semana o documentário Alô, Alô, Terezinha!, do cineasta Nelson Hoineff. Se existe um mínimo de vida inteligente no cinema brasileiro, o restante ficou neste filme de Hoineff.

aqui

Jornalista e escritor. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + dezenove =

ao topo