Chega de caretice”, pede Marcos Prado, diretor de “Paraísos Artificiais

Sócio de José Padilha defende a descriminalização das drogas, fala de juventude e de sexo no cinema.

aqui

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP