China proíbe Ai Weiwei de deixar Pequim

O governo chinês afirmou nesta quinta-feira que o artista e dissidente Ai Weiwei, libertado ontem após três meses de detenção, não pode deixar Pequim sem permissão. A condição pode ser estendida por até 12 meses.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo